Tubarão

Segue sem resposta a causa da morte do tubaronense Gustavo Bortoluzzi, 21 anos, que participava de uma Gincana de Verão, na praia da Guarda do Embaú, em Palhoça neste fim de semana. O estudante morreu na madrugada de domingo após passar mal e sofrer duas paradas cardíacas no caminho até o hospital.

Conforme informações de representantes do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Florianópolis, vários exames foram realizados e em encaminhados aos laboratórios específicos e assim que os resultados fiquem prontos, o laudo é divulgado. O trabalho poderá levar até 30 dias para ser concluído.

O jovem cursava o último ano de administração e participava do evento organizado por alunos da Atlética do Centro de Administração e Ciências Sócio-Econômicas (Esag). Relatos de amigos que estavam na festa apontam que ele começou a sentir-se mal durante a noite de sábado.