Na tarde desta quinta-feira (16), uma operação conjunta deu cumprimento a dois mandados de busca e apreensão contra um casal que se utilizava de um bar para vender cocaína, resultando nas prisões e apreensão da droga.

A ação da Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Delegacia de Polícia do Município de Paulo Lopes, contou com o apoio das Delegacias de Garopaba e Pescaria Brava e do Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCSC).

As investigações tiveram início com o recebimento de diversas denúncias anônimas em que apontavam o estabelecimento comercial do suspeito como sendo um lugar que corriqueiramente estava sendo usado como ponto para a venda do entorpecente.

A fim de se verificar a procedência das “denúncias”, foram realizadas diversas diligências investigativas e se acompanhou a movimentação no local, sendo possível observar usuários saindo da residência com drogas ilícitas, ali adquiridas.

Com as informações levantadas, a Polícia Civil representou pela busca e apreensão no local apontado como sendo o ponto para a venda das drogas, o que foi prontamente deferido pelo Poder Judiciário após manifestação favorável do Ministério Público.

Assim, na tarde desta quinta-feira, Policiais Civis das Delegacias de Paulo Lopes, Garopaba Pescaria Brava e do Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCSC), deflagraram a operação conjunta para cumprir os mandados de busca e apreensão quando o autor apontou onde estava parte da droga apreendida.

Em continuidade às buscas, foi utilizado o cão treinado pela Polícia Civil para farejar e apontar drogas escondidas, sendo localizado em uma gaveta em que havia outra porção do entorpecente também apreendido.

Após as formalidades legais os presos foram encaminhados à Unidade Prisional Avançada de Imbituba e ao Presídio feminino de Tubarão, local em que ficarão a disposição da Justiça.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul