#Pracegover foto: na imagem há a viatura da Polícia Civil
#Pracegover foto: na imagem há a viatura da Polícia Civil

O casal que esfaqueou Senair Rodrigues, ex-marido da deputada federal Geovania de Sá (PSDB), durante um assalto no dia 13 em Cocal do Sul, tinha planos de fugir para Portugal ou Estados Unidos. Eles, no entanto, tiveram seus passaportes cancelados pela Justiça após pedido da Polícia Civil.

Ambos já possuem mandados de prisão em seus nomes e neste momento estão foragidos. Segundo a polícia, a perícia já detectou que eles estiveram no carro onde aconteceu o assalto.

Em depoimento, Senair relatou que conhecia o casal e que chegou a participar de um jantar com os dois em outra oportunidade.

Em entrevista ao portal ND+, o delegado Márcio Campos Neves ainda informou que o homem já esteve nos países que seriam destino na fuga em outras oportunidades. Ele possui parentes nos Estado Unidos.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito  possui diversas passagens pela polícia e não tem o movimento de um dos braços, pois sofreu uma tentativa de homicídio em 2012 em Criciúma.

Relembre o caso

Senair Rodrigues levou várias facadas durante um assalto em Cocal do Sul no dia 13. Ele estava em seu carro quando o assalto foi anunciado por um casal que teria levado uma pasta com joias, carteira e outros pertences da vítima. Rodrigues passou por cirurgia em razão das facadas, sendo a maioria no abdômen. O quadro dele é estável, sem risco de morte.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: NDMais