Representantes da segurança pública e da Faepesul vistoriaram o CIP de Tubarão ontem.
Representantes da segurança pública e da Faepesul vistoriaram o CIP de Tubarão ontem.

Amanda Menger
Tubarão

A Casa de Semiliberdade de Capivari de Baixo será administrada pela Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Extensão da Unisul (Faepesul), assim como o Centro de Internamento Provisório (CIP) de Tubarão. Hoje, a Organização Não Governamental (ONG) Oficina de Artes Comunitárias (Odac), que administrava as instituições, será comunicada da rescisão do contrato pelo o diretor do departamento estadual de justiça e cidadania (Djuc), Itamar Bonelli.

“A Faepesul solicitou ao Djuc que a administração da Semi passe para eles também e isso será oficializado nos próximos dias. A intenção é que eles assumam o CIP até o dia 15 de agosto. Enquanto isso, uma equipe da secretaria estadual de segurança pública e defesa do cidadão (SSP) assume para fazer a transição, coordenada por Celso Ricardo de Souza, que realizou a intervenção antes da ONG assumir”, anuncia o assessor do secretário de segurança Ronaldo Benedet, Wilson Silva.

Até segunda-feira, a Faepesul passará os nomes dos monitores e da equipe técnica que atuará no CIP à secretaria para que sejam iniciados os treinamentos na próxima semana. “Eles serão treinados pela equipe da secretaria no próprio CIP, para que possam assumir os trabalhos no dia 15. Enquanto isso, eles terão tempo de preparar a metodologia de trabalho e formalizar o convênio com o estado”, explica Wilson.

Uma comitiva formada por representantes das polícias Militar e Civil, da Faepesul e também da SSP vistoriaram o CIP ontem. “Os problemas estruturais foram analisados e um relatório será encaminhado para Benedet. Acredito que, nos próximos dias, a verba para fazer os consertos necessários será liberada. A Polícia Civil cederá em regime de comodato uma viatura para a instituição, enquanto a nova não vem”, revela Wilson.

Pagamentos
O repasse de recursos para que a Organização Não Governamental (ONG) Oficina de Artes Comunitárias (Odac) pague as despesas contraídas será feito pelo estado. A garantia é do assessor do secretário estadual de segurança pública Ronaldo Benedet, Wilson Silva. “Eles podem ficar tranquilos. A secretaria não ficará devendo nada para ninguém”, assegura.

Adolescente que fugiu do CIP é recapturado

Um jovem de 17 anos que fugiu do Centro de Internamento Provisório (CIP) de Tubarão no fim de semana foi recapturado ontem em Criciúma, pela Central de Polícia. Ele foi encontrado em uma residência no bairro Vila Manaus, em Criciúma. O rapaz tentou fugir e foi perseguido.

O adolescente estava em poder da caminhonete Corsa placa LXX-6665, furtada segunda-feira em Araranguá. Além disso, foi apreendido um revólver 22 carregado, um aparelho de som automotivo, R$ 50,00 e uma pequena quantidade de maconha e crack.
O adolescente disse ainda aos policiais que furtou outro veículo, uma moto Honda CG 150, um computador, aparelhagem de som para carro, documentos e chaves de veículo, e ainda que participou de um assalto a uma farmácia em Maracajá, de onde levou R$ 200,00. Os dois crimes foram praticados na companhia de um adolescente de Criciúma, que ainda não foi identificado.

Segundo o delegado André Milanese, responsável pela Central de Polícia, a dona da casa onde o adolescente estava escondido responderá a um inquérito policial por receptação e favorecimento pessoal.