Publicado às 17h15min desta terça-feira (28)

Ermo

Ermo, que tem apenas 2.077 habitantes – uma das menores populações do Sul do Estado, também tem sofrido com a ação de criminosos. O alvo dos assaltantes desta vez foi a casa do prefeito Aldoir Cadorin, o Zica, no bairro Santana, invadida por cinco homens armados durante a madrugada desta terça-feira (28).

A Polícia Militar foi acionada pela manhã, confeccionou um Boletim de Ocorrência, fez algumas rondas, mas a quadrilha ainda não foi localizada.

As investigações deverão ficar sob responsabilidade da Polícia Civil da comarca de Turvo, já que não existe delegacia do município da região da Amesc, que faz fronteira com Araranguá. No entanto, ainda não houve registrado por parte do prefeito ou familiar da residência.

Conforme informações da PM, o administrador público e sua família não estavam em casa no momento do arrombamento seguido de roubo, apenas um vigia. O prefeito ficou sabendo da notícia somente nesta manhã, por meio de um irmão.

Os cinco ladrões estavam encapuzados e acessaram o imóvel pelo telhado. Uma porta e duas janelas foram arrombadas. Os assaltantes amordaçaram e amarraram o vigia. A vítima ficou com hematomas nas pernas, marcas das cordas. Enquanto quatro deles entraram na casa, de onde levaram vários objetos da esposa de Zica, como joias e perfumes, e um Aparelho de videogame Nintendo, um ficou com o segurança sob a mira de uma pistola. O funcionário chegou a ouvir o apelido de um dos assaltantes: Baiano, dito por um comparsa.

O segurança também contou que os criminosos tinham um rádio transmissor e estavam escutando a frequência da PM. O vigia só conseguiu se desvencilhar depois de aproximadamente de uma hora e meia, foi à casa do irmão do prefeito, que foi quem acionou as autoridades. Ainda não foi levantado o valor exato do prejuízo.

Fonte: Portal Contra o Crime