O proprietário da casa disse que um andarilho usava o local para dormir algumas vezes, mas não foram encontrados indícios de que havia alguém no imóvel no momento do fogo - Foto: Corpo de Bombeiros Militar de Urussanga | Divulgação

O Corpo de Bombeiros Militar de Urussanga precisou de seis mil litros de água para controlar um incêndio em uma casa no bairro Mina do Mato, em Criciúma, no fim da noite deste domingo (13), por volta das 23h30min. A residência, de madeira, havia sido comprada há uma semana e queimou por completo. Todas as guarnições de Criciúma e Içara estavam empenhadas em outro incêndio, ocorrido em uma empresa de reciclagem de Içara.

A casa, de madeira e com um banheiro de alvenaria, queimou completamente – Foto: Corpo de Bombeiros Militar de Urussanga | Divulgação

Quando a guarnição de Urussanga chegou, o fogo já havia tomada toda a casa. O relógio de energia foi desligado por vizinhos. Um residência ao lado estava prestes a pegar fogo também, mas os bombeiros conseguiram salvar a casa ao montar uma linha direta com dois lances de mangueira para resfriamento da edificação, que já apresentava sinais de superaquecimento.

Após o primeiro combate, foi realizado o ataque direto as chamas e, depois, o rescaldo. Segundo relato do proprietário aos bombeiros, não morava ninguém na casa, mas um morador de rua usava o local para dormir algumas vezes. Não foram encontrados indícios de que ele estaria no local no momento do incêndio.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul