Jaguaruna

Um acidente inusitado foi registrado na manhã de ontem em Jaguaruna, por volta das 11 horas, no Centro. Um carro colidiu em uma locomotiva na Ferrovia Tereza Cristina (FTC). O acidente ocorreu bem na passagem de nível da avenida Duque de Caxias.

As luzes piscando e o som da buzina indicando que o trem estava se aproximando não foram o suficiente para chamar a atenção da condutora do veículo, que calculou dar tempo atravessar a passagem pelo trilho. O Ford EcoSport com placas de Tubarão acabou batendo na lateral do trem. Não houve feridos, apenas um grande susto e prejuízos materiais.

Com o acidente, o surgimento de filas foi inevitável. O trânsito foi desviado pelas ruas laterais.  Segundo o maquinista, a condutora do veículo não atentou para os alertas sonoro e luminoso e transpôs à linha férrea. Testemunhas. A Polícia Militar esteve no local para registrar a ocorrência. A passagem em nível possui boa visibilidade e sinalização ativa (luminoso e sonoro) que avisam da aproximação do trem o que torna, segundo uma nota emitida pela FTC, “o acidente um ato imprudente da motorista, por violar as leis do Código de Trânsito Brasileiro, art. 212, que diz ser infração gravíssima deixar de parar o veículo antes de transpor à linha férrea”. A Tereza Cristina lamenta o ocorrido e lembra que o Código é claro em determinar que os veículos ferroviários têm preferência.  Antes de cruzar a via férrea, os condutores de veículos rodoviários devem estar atentos aos sinais e parar, sempre conservando uma distância de segurança dos trens e vagões que estão circulando.

 “Embora sejam realizadas campanhas de conscientização com os condutores rodoviários, falta cautela aos motoristas nos cruzamentos e há desrespeito à sinalização”.