Paulinho Sachetti
Laguna

Mais de 100 homens, sendo 90 policiais militares e 12 guardas municipais, farão a segurança do Carnaval de Laguna diariamente. Com a previsão de que pode chegar a mais de 200 mil foliões, o comando local já tem todo o cronograma para manter a segurança e, nesta sexta-feira, começou a colocar em prática.
No sambódromo, onde ocorrem os desfiles das escolas de samba, o reforço será garantido com a cavalaria especial e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), também da capital.

O coronel Eduardo Mendes Vieira admite que terá bastante trabalho pela frente, mas este ano o efetivo recebeu reforços. “Vamos poder contar com policiais de Tubarão, Laguna e Florianópolis. A ação será rigorosa para quem não souber aproveitar a festa”, alertou.
Na praia do Mar Grosso, serão colocados policiais à paisana no meio do público.

“Nossa meta é evitar brigas e coibir o consumo e o tráfico de drogas. Claro que acabar com estes problemas não é fácil, mas quando se aumenta a fiscalização, tem-se uma considerável diminuição”, ressaltou.
Policiais em rampas farão minuciosas filmagens para flagrar delitos. Em Tubarão, também estão escalados mais de 50 homens no dia do desfile para tentar manter a segurança dos foliões.