Familiares, amigos e pessoas ligadas a religiões – como padres e pastores – costumam estar presentes em velórios para ajudar a família a lidar com a dor da perda de um familiar.

Uma iniciativa em Florianópolis está indo além: a presença de um cão em velórios vem ajudando as pessoas no momento da despedida.

Caiser, um cão terapeuta da raça Terra Nova, circula nas áreas comuns da capela de um crematório, na cidade, recebendo afagos e retribuindo com o carinho que só os cachorros demonstram aos humanos. A raça de Caiser é especializada em resgates, principalmente, aquáticos.

“Sabemos a ligação que as pessoas têm com cachorros e percebemos como a presença de um cão dócil muda o bem-estar delas em momentos tão difíceis como um velório”, explica Mylena Cooper, sócia do crematório.

“Ele é treinado para ajudar e passar amor para as pessoas. Nos velórios, ele sempre irá se aproximar muito de quem mais precisar, ele identifica quem gosta de cachorros e quem precisa de mais conforto e carinho”, fala a estudante e adestradora Vera Lucia Rodrigues Kempner.

“Parece que ele sente o que as pessoas sentem e traz consolo para as famílias na hora da despedida”, completa.