Rafael Andrade

Imaruí

Uma ponte de madeira desabou em Imaruí quando um caminhão carregado de eucalipto tentava ultrapassar a travessia. O fato ocorreu no fim da tarde deste domingo (26), na comunidade de Aratingauba, interior do município. O motorista do veículo, o jovem Daniel Faust, não teve ferimentos. A parte da frente do caminhão chegou a passar da ponte, que não suportou o peso da carga, que tombou sobre um córrego. O caminhão segue no local e será retirado por um guincho somente na tarde desta segunda-feira (27).

Conforme informações da moradora de uma comunidade vizinha, Neuza Liete Rodrigues, um alerta à prefeitura para que fossem realizadas perícias para indicar a capacidade de peso havia sido emitido sobre esta e outras travessias de madeira na área rural de Imaruí. O Notisul tentou contato com o secretário de Obras, Juaci do Amaral, para que detalhasse se esta estrutura que desabou, bem como várias outras localizadas na região interiorana, estão com as perícias técnicas estruturais em dia, e se há informação indicativa por meio de placas que apontem a capacidade de peso de cada uma. Juaci ainda não respondeu os questionamentos.

Neuza se diz preocupada com a situação e resume que este caso poderia ter culminado em morte. Moro em uma comunidade próxima de onde o veículo tombou, na Forquilha do Aratingauba. “Estive no local, conversei com o motorista, que conheço. Ele ficou bem desnorteado, pois havia gastado com uma reforma recente no caminhão. Há um desvio devido a uma pavimentação, que obrigava a passagem por esta travessia que acabou cedendo. O Daniel carrega madeira para o Porto, em Imbituba, e precisa usar esses trechos constantemente. Tenho vídeos de pontos minados de cupins nas vigas, o que já indicava perigo! Não foi feita vistoria para ver se esses caminhões carregados teriam condições de passar na ponte. É um descaso”, denuncia a moradora.