Rafael Andrade
Tubarão

Tubarão terá três passarelas exclusivamente para pedestres, uma na frente do Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc), outra nas imediações da Concessionária Renault, e uma no bairro São Cristóvão. A Cidade Azul tem a maior concentração urbana da rodovia no Sul do Estado, e não tinha  nenhuma travessia do gênero. 

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit-SC) é o responsável pelas obras. Hoje, devido à complexidade da logística obrigatória, o fluxo na principal via da região será bloqueado nas quatro pistas (duas mãos). É necessário içar as vigas longarinas da passarela. Com isso, os motoristas deverão atentar para a interrupção do tráfego no quilômetro 334 (na frente da Concessionária), entre as 12 horas e às 13h30min. O trânsito será liberado após as atividades. Somente com chuvas torrenciais, o trabalho será cancelado e reagendado. Persistindo chuva fraca, as atividades vão ocorrer.

As passarelas fazem parte das obras de arte especiais (OAEs) do lote de estruturas complementares à duplicação da BR-101 Sul, no trecho catarinense. Depois de pronta, a passagem de pedestres terá 250,7 metros de extensão, contando do início da rampa da rua lateral direita até o fim da rampa, na rua lateral direita.

Na última sexta-feira, o Dnit fez a instalação de duas longarinas na passarela em construção na frente do Ifsc. A passarela construída no quilômetro 326, em Capivari de Baixo, já está liberada à circulação. Todas as estruturas terão guarda-corpos laterais, com 1,1 metro de altura e rampas para acesso com inclinação suave, para circulação de portadores de necessidades motoras.