Desde hoje (26) cedo, os bombeiros militares combatem um incêndio em vegetação em Capivari de Baixo. As chamas atingem uma plantação de eucalipto na Fazenda Agroavião.

“O vento Nordeste bastante forte dificulta muito o nosso trabalho de combate, pois facilita a propagação do fogo. Outra dificuldade é o tipo de terreno, que não permite com facilidade a aproximação dos bombeiros”, explica o capitão Guilherme Virissimo Serra Costa, do Corpo de Bombeiros Militar de Tubarão.

Segundo o capitão, as equipes ainda atuam em um cenário mais complexo devido às turfas, que são materiais vegetais mais ou menos carbonizados, e quedas de árvores incendiadas. Tudo isso inviabiliza a rapidez para extinguir totalmente o fogo.

Três equipes diferentes de combate trabalham na ação. A Aeronave Arcanjo da corporação também atuou em um período. Neste instante, a operação tem como foco o combate e a limpeza para evitar que as chamas se alastrem. Um drone para o monitoramento do desenvolvimento do incêndio também é utilizado.

“Nossa orientação é que não se faça nenhum tipo de queimada, principalmente nesses dias de vento muito forte porque é muito fácil de perder o controle e muito difícil de fazer o combate”, solicita o capitão.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul