O presidente Jair Bolsonaro fez um passeio de motocicleta nesta segunda-feira (24) com o capacete desafivelado, o que configura infração de trânsito. O próprio presidente postou um vídeo nas redes sociais em que aparece passeando de moto na cidade do Guarujá, onde descansa durante o Carnaval. Na postagem, Bolsonaro acena para a população, tira fotos com apoiadores e ensaia acordes em uma guitarra.

O Código Brasileiro de Trânsito define como infração leve, sujeita à multa, “dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança”. Resolução do Conselho Nacional de Trânsito, por sua vez, afirma que “é obrigatório, para circular nas vias públicas, o uso de capacete motociclístico pelo condutor e passageiro de motocicleta, motoneta, ciclomotor, triciclo motorizado e quadriciclo motorizado, devidamente afixado à cabeça pelo conjunto formado pela cinta jugular e engate, por debaixo do maxilar inferior”.

No ano passado, durante o feriado de Páscoa, o presidente também esteve no Guarujá, onde dirigiu uma moto nos arredores do Forte dos Andradas. Na ocasião, estava com a viseira do capacete levantada e sem a cinta jugular afivelada. Ambas as situações são infrações de trânsito.