Novamente Santa Catarina é alvo de criminosos ousados e muito bem armados. Depois do assalto ao banco Bradesco em Blumenau na semana passada, na manhã desta terça-feira (10), bandidos tentam assaltar carro forte em Fraiburgo no Oeste do Estado.

Armados com fuzis e outras armas de grosso calibre, os indivíduos abordaram o carro forte na SC 355, próximo à ponte do Oásis Parque das águas.

Os bandidos eram tão organizados que tinham um dos veículos, uma Fiat Toro, com chapas de aço na traseira, apenas com um recorte para o disparo de munições, deixando toda a parte da caçamba blindada contra um possível revide dos seguranças do carro forte.

Os bandidos fugiram pelo interior do município, queimaram os veículos utilizados na fuga e descartaram explosivo às margens da via.

Não se sabe se os bandidos conseguiram ou não levar dinheiro. Informações iniciais dão conta de que os vigilantes reagiram e conseguiram fugir com o carro forte para a cidade de Videira.

Assalto próximo da divisa

Um outro assalto a banco movimentou forças policiais de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul na segunda-feira (9). Ladrões assaltaram uma agência do Banrisul em Faxinalzinho, município de 2,5 mil habitantes no Norte do Rio Grande do Sul, há cerca de 45km de Chapecó.

O crime levou pânico aos moradores: para invadir o banco, um grupo de pelo menos cinco criminosos atirou repetidas vezes para cima e em direção ao quartel da Brigada Militar (BM) — que fica ao lado da agência roubada..

De acordo com a prefeitura, os reféns foram liberados em uma estrada rural e voltaram de carona para o centro da cidade, por volta das 11h40. Eles não foram feridos.

Apesar dos tiros contra o quartel, não havia nenhum policial de serviço, conforme a própria BM. As viaturas foram deslocadas do município de Nonoai — uma distância de aproximadamente 30 quilômetros.