A Polícia Civil, por intermédio da Central de Plantão Policial (CPP) de Tubarão, com apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC), deu cumprimento a três mandados de prisão preventiva nesta quarta-feira, 18. As ordens judiciais foram em desfavor de três suspeitos, um de 18 anos, outro de 19 e um de 38 anos, pela prática de roubo majorado pelo uso de arma de fogo. 

O crime ocorreu no dia 30 de agosto último em uma residência no bairro Humaitá. Inicialmente a ocorrência havia sido declarada como furto e tendo como autores dois homens desconhecidos. Ao longo das investigações, a equipe conseguiu identificar dois dos autores e constatou que estes teriam usado arma de fogo para ameaçar uma testemunha, configurando o crime de roubo. 

  

Mais tarde, o Setor de Investigação Criminal identificou mais um participante do crime, pai de um dos outros dois autores. Este é conhecido no meio policial e já havia sido condenado por tráfico de drogas e receptação. 

Seu filho tem grande histórico criminal, enquanto adolescente, pela prática de tráfico de drogas, e foi preso duas semanas atrás pela CPP, em razão de dois furtos e uma receptação. O mandado de prisão expedido em seu desfavor foi cumprido dentro do presídio.