Os autores de golpes do cartão clonado foram presos em Concórdia, nesta segunda-feira (17). A Polícia Civil de Santa Catarina, em ação conjunta entre as DICs de Tubarão e Concórdia e a DPCo de Brusque, com apoio da Polícia Militar

Os dois suspeitos teriam praticados inúmeros golpes do cartão clonado nas cidades de Tubarão e Brusque. O golpe do cartão clonado (ou do motoboy) é aquele no qual um indivíduo entra em contato com a vítima se passando por funcionário do banco, diz que o cartão da pessoa foi clonado e que um motoboy irá à casa da vítima buscar os cartão.

Após coletarem os cartões os autores efetuam compras utilizando-se de maquininhas de cartão e efetuam saques em caixas eletrônicos. No final da última semana, a DIC de Tubarão tomou conhecimento de que pelo menos 7 idosos haviam sido vítimas do referido golpe e então passou a realizar diligências no intuito de identificar e capturar os autores.

Na tarde de ontem, após troca de informações, a DIC de Concórdia acabou por capturar os suspeitos quando esses chegavam à cidade de Concórdia. Os autores eram um homem e uma mulher, os dois naturais do Estado de São Paulo.

Com a mulher os policiais encontraram uma carteira de habilitação falsa, a qual era utilizada durante os golpes. Após representação do Delegado de Polícia que preside as investigação sobre os fatos ocorridos em Tubarão, o juízo da 2º Vara da Comarca de Tubarão expediu mandados de prisão preventiva em desfavor dos dois suspeitos, os quais se encontram reclusos no Presídio Regional de Concórdia à disposição do Poder Judiciário.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul