Tubarão

Um homem de 32 anos foi preso por agentes da Central de Operações Policiais (COP) de Tubarão nesta sexta-feira. Segundo as investigações, ele é o responsável pela morte do ex-presidiário Cristiano da Silva Silvano, o Laguna, 35, morto no dia 16 de janeiro deste ano. O caso foi o primeiro dos 17 assassinatos na cidade até a noite de ontem.
 

Após 11 meses de investigação, o delegado Marcos Ghizoni pediu o mandado de prisão preventiva do acusado. Ele foi indiciado por homicídio qualificado e corrupção de adolescentes.
A vítima foi alvejada na rua João Adolfo Corrêa, na Área Verde, bairro Passagem. Laguna chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu e morreu no mesmo dia. Na época, ele estava foragido do Presídio Regional de Tubarão há uma semana.