Um homem de 33 anos,recebeu a condenação por um crime que ocorreu em janeiro deste ano no bairro Próspera, em Criciúma. Ele deverá cumprir 10 anos, 10 meses e 18 dias de reclusão com regime inicialmente fechado, além de pagar 24 dias-multa, pelo crime de roubo com uso de arma de fogo e concurso de pessoas.

Na época, uma dupla armada rendeu e amarrou três funcionários de uma loja de informática. A ação foi violenta e premeditada. Foi subtraída quantia em dinheiro e aparelhos celulares. Após o crime, houve fuga em uma motocicleta.

A investigação foi realizada pela Divisão de Repressão à Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC-PCSC), coordenada pelo Delegado Yuri Miqueluzzi. A Polícia Civil representou pela prisão preventiva e capturou o investigado.

Ele permanece recolhido para cumprimento da decisão. A sentença foi proferida pela 1ª Vara Criminal de Criciúma, com atuação da 1ª Promotoria de Justiça na acusação.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul