Rafael Andrade
Tubarão

“Atirei e atiraria de novo contra a polícia”. A declaração é de um adolescente de 13 anos que deu muito trabalho na madrugada desta sexta-feira, em Tubarão.
O ‘menino’ invadiu a loja de conveniências do posto de combustíveis Ipirangão, às margens da BR-101, no bairro Morrotes, armado com um revólver calibre 32 e anunciou um assalto. Ele levou todo o dinheiro do caixa – a quantia não divulgada pela gerência – e outros produtos, como cigarros. E fugiu.

O assalto ocorreu por volta das 3 horas. Assim que o adolescente deixou o posto, as vítimas acionaram a Polícia Militar, que chegou ao local em menos de quatro minutos. Os funcionários informaram que o roubo havia sido cometido por um garoto. Pelas imagens do sistema de vídeo, os policiais perceberam que se tratava de um menor com características físicas semelhantes a um menino já conhecido pela prática de vários delitos na cidade.

Os policiais foram até a casa do suposto assaltante. Durante uma busca no terreno da residência, descobriram que o crime havia sido cometido por outro adolescente, também de 13 anos. Ele estava na casa do amigo e foi avistado pulando o muro.
Foi iniciada então uma perseguição e o assaltante entrou no pátio de outra casa, atirou três vezes em direção aos policiais – que precisaram revidar. Ele escondeu-se debaixo da residência e foi capturado.

O adolescente levou dois tiros, um na mão esquerda e outro na região das nádegas. Com ele, foram encontrados R$ 168,00 e uma peteca com quase dez gramas de cocaína. A arma, um revólver calibre 32, foi encontrada nas imediações da fuga. O menor infrator foi apreendido.

Os ferimentos… A difícil tarefa da apreensão

O Corpo de Bombeiros atendeu o adolescente de 13 anos que trocou tiros com a Polícia Militar na madrugada desta sexta-feira. Ele foi conduzido ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), onde foi medicado.

O tiro que acertou a sua mão esquerda pegou de raspão. Já a outra bala ficou alojada na nádega e não atingiu o osso. O projétil foi retirado e o menor liberado pouco tempo depois à polícia.
O assaltante foi encaminhado à Delegacia da Criança, do Adolescente e de Proteção à Mulher e ao Idoso.

O delegado Adriano Almeida atendeu a ocorrência e o encaminhou ao Ministério Público. O promotor Osvaldo Cioffi analisou a infração do adolescente e solicitou a sua internação imediata. A juíza Mirian Regina Garcia Cavalcanti acatou o pedido da promotoria e encaminhou o menor ao Centro de Internação Provisória (CIP) de Tubarão.

Menor armado rouba R$ 1 mil de mercado em Tubarão

Um adolescente de aproximadamente 15 anos, armado com um revólver calibre 38, roubou cerca de R$ 1 mil do Mercado Paulinho, situado na rua João Praxedes Teixeira, no bairro Vila Moema, em Tubarão. O assalto ocorreu quinta-feira à tarde.

De acordo com a funcionária de um dos caixas, o adolescente chegou, sacou a arma e anunciou o assalto. Sem demonstrar nenhum tipo de medo, ele exigiu o dinheiro e ameaçou atirar caso não fosse atendido. O rapaz trajava camiseta manga comprida verde, capacete branco sobre um boné e uma bermuda.

Um comparsa em uma moto o esperava do lado de fora com o veículo ligado. Os dois fugiram sem deixar pistas. A Polícia Militar foi acionada, fez algumas rondas nas imediações, mas ninguém foi preso.