Jaguruna

Alguns moradores e leitores do Notisul, do Balneário Campo Bom, em Jaguaruna, procuraram a Redação do jornal ontem para emitir um sinal de preocupação com alguns fatos ligados à segurança pública registrados na localidade nos últimos dias. A comunidade é distante cerca de 15 quilômetros da região central da cidade, mas fica bem próxima de um distrito de outro município, Morro Grande, que pertence a Sangão. “A audácia dos ladrões é tanta que devemos nos reunir e cobrar mais rondas da polícia, por exemplo”, pede a senhora Maria Dolores Laportta Silva, que mora no ponta Norte do Balneário há poucos meses, e ela disse que foi onde justamente procurava mais tranquilidade para fugir das correrias dos grandes centros na região, como em Tubarão e Criciúma.

O último susto na localidade foi sentido por um casal de irmãos – ela idosa – no fim da noite da última quinta-feira. Quatro criminosos armados e encapuzados renderam os moradores e levaram dois veículos, um Ford KA e um Cross Fox, além de outros objetos. O roubo iniciou com o corte proposital da energia elétrica provocada pelos ladrões. A dona da casa abriu a porta para conferir se a vizinhança também estava às escuras, e foi neste momento que anunciaram o assalto e invadiram a casa. Os irmãos foram amarrados e amordaçados em um cômodo. Não ficaram feridos, mas entraram em choque.

Por volta das 6 horas da última sexta-feira, a Polícia Militar de Criciúma foi informada que um veículo estaria abandonado no bairro Verdinho e, após averiguação da guarnição, foi constatado e recuperado o Cross Fox. O outro veículo não foi encontrado. Ninguém foi preso. Na alta temporada, o policiamento é acrescido com a Operação Veraneio, que deverá iniciar no fim de novembro e prosseguir até março.