Amanda Menger
Tubarão

A manhã desta sexta-feira foi de terror para uma família de Azambuja, em Pedras Grandes. Por volta das 11 horas, dois homens armados entraram na residência de Ana Miqueletto, 58 anos. O sogro dela, João Guarezenin, 93 anos, paralítico, foi ameaçado pelos criminosos. Eles queriam que o aposentado abrisse o cofre e entregasse o dinheiro.

“O senhor disse que não podia abrir o cofre, e aí a dupla ameaçou a nora dele. Ela também disse que não sabia qual era a senha. Eles então reviraram a casa e encontraram R$ 1 mil”, conta um policial militar.
Além de ameaçar os dois, os criminosos mataram o cachorrinho da família, um pinscher. “Eles colocaram um travesseiro na cabeça do animal e o esmagaram. Uma cena horrível”, afirma o PM.

Depois de pegar o dinheiro, a dupla fugiu de carro. Suspeita-se que uma terceira pessoa esteja envolvida no crime. Ele estaria monitorando a situação em um outro veículo, há alguns metros da casa.
Um outro assalto foi registrado em Sangão nesta sexta-feira. Dois homens invadiram a casa de um representante comercial. Eles levaram R$ 40 mil e deixaram o representante preso no banheiro. Em nenhum dos dois casos, os criminosos foram presos.