Maycon Vianna
Tubarão

Quatro jovens – dois deles menores, de 17 anos – e uma história de assalto frustrado a uma joalheria localizada no centro de Tubarão. O quarteto encapuzado entrou na Joalheira e Ótica Mazo, localizada na avenida Expedicionário José Pedro Coelho, e anunciou o assalto. Um dos assaltantes entrou primeiro e rendeu o filho do proprietário do estabelecimento comercial, que estava no balcão. Os outros três acusados estavam dentro da loja, um deles tinha uma arma.

Foi quando o dono da loja percebeu que o revólver era de brinquedo e partiu para cima do assaltante. Os rapazes fugiram e deixaram pelo caminho todo o material furtado. A Guarda Municipal foi comunicada e apreendeu o primeiro suspeito, por volta das 11 horas de ontem. O rapaz estava escondido em uma loja próximo à secretaria de segurança e trânsito, no centro.

Segundo a guarda municipal Cássia Berguemmayer, o mesmo quarteto já havia furtado um Uno Mille com placas de Laguna, que foi abandonado e recuperado minutos depois, também por integrantes da Guarda Municipal.
Um segundo acusado, de 17 anos, foi apreendido por policiais militares instantes depois. Ele estava escondido dentro de um valo em um terreno baldio próximo à rodoviária.

A dupla de menores foi encaminhada à Delegacia de Polícia da Criança, do Adolescente e de Proteção à Mulher e ao Idoso de Tubarão e em seguida foram liberados. Os outros dois envolvidos no assalto conseguiram fugir.