Maycon Vianna
Tubarão

A vida da argentina Adriana Ferrarto José, 45 anos, atendente de supermercado, mudou completamente depois que o seu marido, Arguello Ferrarto José, 48 anos, operário químico, sofreu uma parada cardiorrespiratória após um raio cair próximo ao local onde o casal caminhava, descalços, na praia do Mar Grosso, em Laguna, na última sexta-feira.

O homem ficou desacordado e foi atendido pelos guarda-vidas e pela médica generalista Fernanda Martins Brunel Alves. “Ele não escutava nada. Eu gritava, pedia ajuda. Foram momentos de angústias”, conta Adriana.

Fernanda passava à beira-mar bem no momento do incidente. “Com o auxílio dos bombeiros, conseguimos reanimá-lo e, na viatura do Auto Socorro de Urgência (ASU), mantemos os sinais vitais até encaminhá-lo para o Hospital de Laguna. Ainda bem que ele conseguiu reagir às massagens cardíacas e aos procedimentos dos socorristas”, detalha.

No mesmo dia, Arguello foi transferido para o Hospital Socimed, em Tubarão, onde continua internado. O último boletim médico registra que o estado clínico do paciente segue sem alterações (quadro confirmado por volta das 22 horas de ontem).

A esposa da vítima está hospedada em um hotel em Tubarão para acompanhar o marido que está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Socimed. Na tarde de ontem, ela foi visitar o marido. “O meu esposo está em coma induzido e respira com a ajuda dos aparelhos. Ele não sofreu lesões e necessita de um tempo para se recuperar. Espero que tudo ocorra bem”, afirma Adriana.

O casal tem três filhas, de 28, 26 e 21 anos. Elas estão em Córdoba e todos os dias recebem informações sobre o estado de saúde do pai.