Maycon Vianna
Tubarão

Milhares de CDs e DVDs foram apreendidos na manhã de ontem durante um trabalho da Polícia Civil de Tubarão. Os investigadores já estudavam uma ação contra a loja, situada na avenida Marcolino Martins Cabral, no centro de Tubarão.

A proprietária do estabelecimento, de 41 anos, foi presa em flagrante. De acordo com o delegado da Central de Polícia Civil, Marcos Ghizoni, este tipo de crime é inafiançável. “Foram apreendidos mais de mil CDs e DVDs piratas. Cerca de 800 discos eram gravações de música, 200 reproduções de filmes e o restantes jogos eletrônicos. “O lucro é muito grande, pois ela vendia com um preço abaixo do mercado o que viola os direitos autorais”, destaca o delegado.

A investigação da Polícia Civil para descobrir novos produtos piratas deve continuar. “É um trabalho constante que tem a intenção de coibir a pirataria. Qualquer suspeita pode ser denunciada anonimamente para o telefone 197”, relata. O crime está no Código Penal no artigo 183, de violação a direito autoral qualificado, o que pode gerar de dois a cinco anos de detenção.