Foram apreendidos na terça-feira (3), 20 mil aparelhos TV Box irregulares. A ação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a Receita Federal do Brasil (RFB) ocorreu no Porto de Santos (SP).

Os equipamentos, destinados a desbloquear ilegalmente canais da TV paga, foram avaliados em R$ 12 milhões pelos órgãos de fiscalização. As TV Boxes continham software destinado ao acesso ilegal e não autorizado a diversos canais de TV por assinatura.

O uso de aparelhos piratas ou adulterados, além de prejudicar o comércio legal de telecomunicações, pode trazer diversos riscos à segurança física e cibernética do consumidor. Além disso, ao adquirir um aparelho adulterado, o consumidor pode ser responsabilizado por contrabando e violação de direitos autorais.

Mais informações sobre a atuação da Anatel no combate à pirataria estão disponíveis no portal da Agência. Somente no primeiro semestre de 2021, cerca de 1,5 milhão de equipamentos de telecomunicações irregulares foram retirados do mercado como resultado do trabalho de inteligência desenvolvido pela Anatel em parceria com outros órgãos de fiscalização.

 

Fonte: Anatel

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul