#PraCegoVer Na foto, um policial militar
- Foto ilustrativa | Divulgação

Uma guarnição do 35º Batalhão de Polícia Militar em Braço do Norte, incumbida da Ronda Escolar, foi interpelada pelo diretor de uma unidade de ensino. Assustado, o homem relatou que um dos alunos ameaçou de matar outros dois estudantes na saída do turno da tarde. Conforme relato do diretor, o jovem disse que iria abrir a barriga dos colegas na frente da escola. Ainda segundo o docente, este mesmo estudante havia sido suspenso no período da manhã, pois foi para a escola com um canivete. Os menores ameaçado, o aluno suspenso e outros estudantes foram abordados em frente da escola e nada de ilícito foi encontrado com eles. 

Porém, pelo fato do jovem ter ido para a instituição com um canivete e ter feito as ameaças de morte, os policiais conduziram ele, um outro menor, as duas vítimas e o diretor da escola para a Delegacia de Polícia Civil, para os registros cabíveis e também para o acionamento das famílias, que receberam orientações. Na frente da delegacia, um outro aluno passou a ameaçar um dos policiais militares que atendia à ocorrência. Reforço precisou ser chamado, pois criou-se um tumulto na rua. O menor foi apreendido e também encaminhado para os procedimentos junto da Polícia Civil de Braço do Norte.

Fonte: 35º Polícia Militar em Braço do Norte
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul