Rafael Andrade
Tubarão

Diversas ruas de bairros do interior e da região central de Tubarão foram interditadas, ontem, devido aos alagamentos e deslizamentos de terra causados pela forte chuva que caiu nos últimas dias.

De acordo com a Guarda Municipal, no perímetro urbano, as ruas Coronel José Martins Cabral (ao lado do Angeloni), Roberto Zumblick (da TCL), Antônio Hülse (do Henrique Fontes), Januário Alves Garcia (da garagem da prefeitura) e Tubalcain Faraco (do Notisul) foram as mais atingidas.

Na rua São José (da Casa Caça e Pesca), um buraco na pista impediu o trânsito de veículos. Na rua Anita Garibaldi (pelos fundos da Catedral), um muro de pedras caiu, atingindo parte da calçada e da via.

Um ponto da avenida Marcolino Martins Cabral, próximo à Praça 7 de Setembro, também foi isolado, devido ao risco de queda de uma árvore.
A rua Padre Geraldo Spettmann (da rodoviária) e outras 18 vias próximas também ficaram alagadas, impedindo o acesso de veículos menores e pedestres ao terminal rodoviário, que foi fechado para embarque e desembarque de passageiros.

A mesma situação ocorreu nas ruas Simeão Esmeraldino de Menezes (que liga rodoviária à Unisul) e Coronel José Martins Cabral (do posto de saúde do Humaitá de Cima). “É bom as pessoas evitarem de sair de casa, só se necessário. Esta atitude evita congestionamentos e pane nos veículos”, orienta o secretário de segurança e trânsito da prefeitura, Toni Bittencourt.

Ladrão aproveita caos e furta carro
Um Gol branco ano 1985 foi furtado em meio ao caos de ontem, no centro de Tubarão. A placa do carro é LYE-5745, de Tubarão. O dono estava na ponte Dilney Chaves Cabral, avaliando o nível do rio.

Deslizamentos podem ocorrer na 101
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) não descarta novos deslizamentos no quilômetro 258 da BR-101, em Paulo Lopes. Por volta das 5h30min de ontem, a rodovia federal foi interditada devido à queda de uma barreira. A liberação do tráfego ocorreu às 9h10min. Não houve registro de acidentes no local. O congestionamento chegou a oito quilômetros nos dois sentidos, quando a pista estava bloqueada. Na região de Tubarão, pequenos deslizamentos foram registrados na BR-101 e SC-438, sem provocar transtornos ao trânsito.