Tubarão

O terceiro homicídio de 2017 em Tubarão foi registrado nesta terça-feira à noite (18). A vítima se chama Jucemir Alcilei May, de 58 anos, natural de Imaruí. O crime ocorreu na rua Duque de Caxias, próximo à Caixa Econômica Federal, no bairro Humaitá. Por volta das 22 horas, viaturas da Polícia Militar foram chamadas para atender a ocorrência. Suspeita-se de um latrocínio (roubo seguido de morte). O autor teria desferido uma paulada na vítima e levado cerca de R$ 200,00. O suspeito do assassinato foi preso e encaminhado à Central de Plantão Policial (CPP).

O primeiro assassinato de 2017 foi a execução de Juares Machado, 43 anos, morto com mais de 30 facadas na região da nuca e uma paulada no dia 1º de fevereiro. O seu corpo foi encontrado em um terreno na Área Verde. Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram apreendidos na ocasião. Um deles confessou o crime e ainda disse que “sentia prazer” em ver o sangue jorrar.

O segundo caso ocorreu no dia 15 do mês passado. A adolescente Ana Jéssica do Nascimento de Abreu, 17, foi encontrada morta e imediatamente iniciaram as investigações. O corpo foi descoberto por um produtor rural em uma lavoura de arroz na localidade de Congonhas. A investigação apontou que o companheiro da vítima, 28, cometeu o ato. Jéssica foi assassinada entre 19 horas e 21 horas do dia 14 do último mês, e estrangulada com a tira de sua própria bolsa. O casal morava em Capivari de Baixo e estava junto há cerca de um ano. O autor foi preso pela Polícia Civil de Tubarão no Estado de São Paulo.