Wagner da Silva
São Ludgero

Um funcionário público da prefeitura de São Ludgero, de 36 anos, foi afastado após ser acusado de tentar estuprar uma adolescente de 15 anos. O crime foi registrado terça-feira, em Braço do Norte, na casa do agressor.

A garota trabalhava como babá há dois meses na casa do acusado. Ela contou em depoimento que o relacionamento com o seu patrão era natural e de respeito. Porém, no dia do crime, após a esposa sair para o trabalho, ele a presenteou com uma calça jeans. Após vestir, ele teria passado as mãos pelo corpo da jovem, inclusive em suas partes íntimas e beijou-a, à força. Ela conseguiu escapar e ir para casa.

De acordo com a mãe da menor, de 53 anos, a jovem está assustada e ficou traumatizada psicologicamente com o assédio do agora ex-patrão. “Eu não era contra ela trabalhar com 15 anos, mas a minha filha se dizia preparada, queria ter o seu próprio dinheiro. Ela me ligou desesperada. Fui tirar satisfação e não encontrei este homem. Alerto para que outras mães tomem o cuidado que eu não tive“, lamenta a mãe da adolescente.

O delegado José Leonardo Valente justifica que até a conclusão do caso ele ficará afastado das atuais funções. “Realizamos os procedimentos de rotina. Já tomamos o depoimento da vítima e vamos ouvir a versão do acusado”, informa Valente.