Um jovem de 16 anos usando uma máscara de caveira invadiu nesta quinta-feira (31) a Escola Básica Professora Maria Dutra Gomes, em Itajaí, litoral de Santa Catarina, e disparou vários rojões na quadra esportiva do local, assustando alunos de 6 a 14 anos, além de pais e funcionários.

Um dos pais dos alunos pulou o muro da escola ao ouvir os gritos das crianças e desferiu um golpe com uma cadeira contra o rapaz. O adolescente foi imobilizado e detido antes da polícia chegar ao local.

Sangrando e imobilizado no chão, ele foi levado pela polícia para atendimento médico e deve ser encaminhado para a Delegacia Central de Plantão Policial da cidade. O rapaz não chegou a entrar em salas de aula e, além dele, ninguém ficou ferido.

Nascido em 2003, o menor não é aluno da escola e mora em Balneário Camboriú, a cerca de 14 km de Itajaí. O diretor da unidade de ensino, Paulo Sérgio Cabral, conta que as crianças começaram a correr em pânico, temendo que os rojões fossem tiros.

“Todos ficamos assustados, ouvimos os estouros, as crianças correndo e lembramos de Suzano”, relata, em referência ao ataque à Escola Estadual Raul Brasil ocorrido em março deste ano.