Rafael Andrade
Gravatal

Dois graves acidentes de trânsito resultaram em duas mortes na região neste fim de semana. Por coincidência, as vítimas morreram no mesmo trecho, no quilômetro 200 da SC-438, em Gravatal, em um intervalo de 15 horas entre uma tragédia e outra.

As colisões ocorreram próximo ao trevo principal de acesso ao município. Na manhã de ontem, por volta das 6h30min, um Fiat Uno de Capivari de Baixo seguia em direção a Tubarão quando o motorista, de 20 anos, perdeu o controle do veículo e chocou-se com um poste (na parte do caroneiro). Fernando Plácido Gaspar, 22 anos, que estava no Uno, morreu na hora.

No carro havia três ocupantes. O motorista e um amigo de Fernando sofreram lesões leves e foram socorridos pelos bombeiros de pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O motorista do Uno recusou-se a fazer o teste do bafômetro, mas um exame clínico e uma avaliação médica feita no Hospital Santa Teresinha, em Braço do Norte, constataram que ele estava embriagado.

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Gravatal deu voz de prisão ao rapaz. Ele foi encaminhado à delegacia de Gravatal, prestou depoimento e responderá em liberdade. Poderá ser indiciado por homicídio culposo (sem intenção de matar). Fernando era natural de Tubarão e morava em Capivari.

Por causa do acidente faltou energia em parte do de Gravatal e do município de Armazém. A outra morte na região e no mesmo local da SC-438 ocorreu sábado à tarde. Antonio Peixoto Goulart, 54, dirigia um Escort na pista secundária, em direção a Gravatal, quando foi cruzar a rodovia e bateu em um caminhão Iveco. Goulart foi arremessado para fora do carro e morreu na hora.