Rafael Andrade
Tubarão

Um acidente de trabalho quase terminou em tragédia, nesta sexta-feira à tarde, no bairro Dehon, em Tubarão. Willian Stinbach, o Guga, 29 anos e quase 15 de profissão em uma metalúrgica de Braço do Norte, caiu do telhado do Ginásio de Esportes do Sesc, de uma altura de 15 metros, e sofreu múltiplos ferimentos.

Guga foi encaminhado às pressas ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Willian estava acompanhado do colega de trabalho Irineu Buss. Os dois faziam manutenção em cinco aparelhos eólicos e a troca de dois. O acidente ocorreu por volta das 15h20min, quando os operários preparavam-se para descer do telhado. “Quando Guga se abaixou para pegar uma maquita, pisou em falso. O local é de telhas de amianto, que estavam úmidas, o que deve ter auxiliado na queda. Torço que ele fique bem logo”, declara Irineu.

Mas o quadro de saúde de Willian não é muito bom. Na queda, ele fraturou um braço, teve trauma torácico e uma grave hemorragia interna abdominal. Ele foi encaminhado para a sala de cirurgias no fim da tarde desta sexta-feira e depois levado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HNSC, onde se recupera. Willian corre risco de morte.

No momento do acidente, ocorria um jogo de futsal feminino, válido pelos Jogos Estudantis de Tubarão. Uma atleta precisou correr para não ser atingida. Willian tem dois filhos e é casado. A família foi avisada do acidente minutos depois.