Sangão/Içara

Mais uma morte foi registrada na BR-101. A rodovia continua a provocar vítimas na região. Ontem de manhã, Evaldo José Vidal Rosa dirigia um Fiesta e, na divisa entre Sangão e Içara, colidiu em uma passarela para pedestres. Ele morreu durante o resgate dos bombeiros, que tentavam retirá-lo das ferragens.

Os Bombeiros Voluntários de Jaguaruna (BVJ) e bombeiros de Içara atenderam a ocorrência. A Polícia Rodoviária Federal fez o controle do tráfego no local. Não havia nenhum pedestre nas escadarias da passarela.

A PRF pede atenção aos motoristas, pois o risco de acidentes aumenta com as chuvas e os fortes nevoeiros. Os desvios entre Tubarão e Laguna continuam a ser o ponto mais crítico da 101. Entre Sangão e Sombrio, a rodovia está praticamente 100% duplicada.

As obras de arte da duplicação (viadutos, túneis e passarelas) estão atrasadas, principalmente em Tubarão. O viaduto central, principal acesso à cidade, deve ser concluído até outubro. No local, há grandes congestionamentos em horários de pico.