Um acidente deixou sete pessoas mortas e cinco feridas na BR-153 em Porangatu, na região norte de Goiás, neste sábado (22). Segundo o Corpo de Bombeiros, um carro pegou fogo e quatro pessoas que estavam dentro dele foram carbonizadas. Dois bebes que se feriram foram levados ao Hospital Municipal da cidade e morreram lá. Outras duas crianças, o pai delas e dois motoristas de caminhão também se feriram. O condutor de um terceiro caminhão saiu ileso.

Diretora do Hospital Municipal de Porangatu, Mirian Vieira, disse que o pai e uma das crianças têm estado considerado bom. Já os dois motristas de caminhão estão em situação regular. “Uma das crianças teve uma fratura na mandíbula e foi levada para o Hugol [Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira], em Goiânia”, disse.

Ainda segundo a diretora, os bebês chegaram ao hospital com vida, mas tiveram parada cardiorrespiratória decorrente dos traumas sofridos no acidente. “Foram realizadas as manobras de reanimação, mas eles não resistiram”, completou.

O sargento dos bombeiros Rodrigo Alves da Silva contou que o acidente envolveu três caminhões, um Ford Fiesta vermelho e um Siena, que não teve a cor original identificada, já que estava completamente carbonizado.

“Segundo as vítimas que sobreviveram, um dos bebês foi arremessado do Siena, que estava carbonizado. Quando chegamos, esse bebê já estava no colo de um deles”, explicou.

Ainda segundo ele, a quinta pessoa a ser achada morta foi uma mulher, que estava no banco do passageiro do Ford Fiesta. Ele disse ainda que a vítima era mãe de um bebê e mais duas crianças, que também estavam no carro

“No Fiesta estavam um casal e os três filhos: um bebê e duas crianças. Desse carro, a mãe, que estava no banco do passageiro, morreu ainda no local e ficou com o corpo preso às ferragens. Os demais ficaram feridos”, completou.