Maycon Vianna
Tubarão

Em sentença judicial publicada na manhã de ontem, o juiz Luiz Fernando Boller, titular da 2ª Vara Cível de Tubarão, condenou um agente funerário e a sua filha a indenizarem o radialista Carlos José Lopes, conhecido como Carlão da Rádio Tubá.

Carlão conduzia uma moto na noite do dia 23 de abril de 2003, na rua Prudente de Moraes (Morro do Canudo), centro de Tubarão, quando colidiu de frente com um Palio Weekend, de propriedade da condenada. As testemunhas que presenciaram o acidente confirmaram que o condutor do veículo na ocasião segurava em uma das mãos um garrafa de whisky e encontrava-se completamente embriagado, fato confirmado pelo Corpo de Bombeiros e os policias militares de Tubarão que atenderam a ocorrência. “A decisão da justiça foi boa, mas não tem dinheiro algum que traz a vida normal do meu irmão de volta”, declara a irmã de Carlão, Maria Lopes.

Em razão da violência do choque, o motociclista sofreu traumatismo craniano. Cinco anos depois, ele ainda se encontra, em fase lenta, de recuperação. Não anda, não fala e depende da ajuda de terceiros para sobreviver. “Conseguimos arrecadar muitas fraldas, mas creio que é preciso muita oração para Carlão melhorar. O pensamento positivo sempre existirá”, afirma Maria.