Três pessoas foram presas por tráfico de drogas em Tubarão. A ação do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) da Polícia Militar teve início por volta das 19h deste sábado (11), quando dois ocupantes de um Fiat Siena branco foram abordados pela guarnição.

Em buscas no veículo, foi encontrada em cima do banco uma sacola com dinheiro em espécie. O motorista afirmou que a quantidade em dinheiro somava mais de R$ 6,5 mil e era de propriedade de sua tia.

Por não terem constatado nada de ilícito a princípio, os policiais liberaram a dupla. Porém,  foram fotografados, assim como o veículo e os valores em dinheiro.

O PPT não ficou convicto da situação, pois o condutor cumpre prisão domiciliar e tem passagens por tráfico de drogas. Com informações de que o bairro Fábio Silva estaria
sem o entorpecente, especialmente o crack, foram levantadas informações que os dois iriam buscar a droga para abastecer aquela localidade.

E que entregariam para uma mulher que ‘gerencia’ o tráfico no lugar, que também possui antecedentes criminais pelo mesmo crime.

Um dos envolvido não acata ordem de parada do PPT
Uma campana foi feita no Morro do Deckos, local conhecido pelo intenso tráfico. Os policiais flagraram o mesmo Siena branco (Uber) com a dupla, no momento em que chegavam em frente à casa da mulher. O homem que havia sido abordado anteriormente desceu do carro e recebeu ordem de parada do PPT.

Mas ele não obedeceu e entrou correndo na residência. O suspeito foi alcançado pelos policiais na cozinha. Embaixo de uma mesa havia uma sacola com aproximadamente 255 gramas de cocaína. Questionados sobre os entorpecentes, os envolvidos ficaram em silêncio.

Os três – dois homens e a mulher – foram presos em flagrante e conduzidos à Central de Polícia Civil por volta das 23h40.

Entre em nosso grupo do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/Notisul