Embalados, os tabletes (foto em detalhe) estavam camuflados no telhado da casinha do cachorro
Embalados, os tabletes (foto em detalhe) estavam camuflados no telhado da casinha do cachorro

Mirna Graciela
Capivari de Baixo

 
Pego de surpresa, mas sem esboçar reação, um homem de 43 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas, ontem no fim da tarde, no bairro Caçador, em Capivari de Baixo. 
 
Ele chegava em sua casa, por volta das 17h40min, quando foi abordado. A ação policial ocorreu por meio de um mandado de busca e apreensão, após quase dois meses de investigação. 
 
Com a revista policial em toda a área da residência, foram apreendidos 6,040 quilos de maconha. Ele possuía em sua roupa R$ 812,00 e algumas porções da droga. O curioso é que os tabletes grandes estavam camuflados no telhado de uma casinha de cachorro. 
 
O homem foi seguido desde o trabalho até o local onde morava. Segundo a Polícia Civil, a droga não era vendida para usuários, mas sim para traficantes menores da região. Ele não tinha antecedentes criminais e foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão.   
 
A operação foi realizada por três investigadores da Polícia Civil, com apoio de dois militares, e coordenada pelo delegado Nazil Bento Junior.
 
Traficante procurado há tempo é preso em Tubarão
Há muito tempo procurado pela polícia da região sul por tráfico de drogas, um homem de 49 anos foi preso ontem de manhã, em um sítio no bairro KM 60, em Tubarão. 
Por meio de cinco mandados de busca e apreensão – em cinco casas da mesma família na localidade -, ele foi detido às 6h45min. Em uma delas, que estava vazia, os policiais encontraram uma espingarda calibre 28 e munições. 
O homem era conhecido no meio policial da região carbonífera por envolvimento com o tráfico e estava foragido há alguns anos, pois possuía um mandado de prisão por sentença condenatória definitiva.
A ação foi realizada pelos policiais civis e militares do grupo de atuação especial de combate às organizações criminosas (Gaeco) de Criciúma e os policiais civis de Jaguaruna. Ele foi conduzido ao Presídio Regional de Tubarão.