Mirna Graciela
Tubarão

Os 85 anos de existência do Corpo de Bombeiros em Santa Catarina foram comemorados ontem, em Tubarão, com várias atividades. Uma solenidade ocorreu à tarde, na Associação Ruy Stockler de Souza, no bairro Humaitá de Cima, com a entrega de certificados aos soldados que participaram dos cursos de resgate em águas rápidas.

A abertura de concurso para 500 novos bombeiros no estado e a contratação de 60 oficiais são notícias que trazem boas perspectivas à população catarinense. No próximo ano, serão 250 e, em 2013, mais 250 novos bombeiros. Já os oficiais, na medida em que realizarem o curso na academia dos bombeiros, na capital, serão distribuídos durante os próximos quatro anos.

O sub-comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, coronel Marcos de Oliveira, comemora o aumento no efetivo. “Há um mês, o governador fez este anúncio e, semana passada, fomos surpreendidos com a informação dos oficiais. Com isto, vamos melhorar significativamente a qualidade dos serviços e trabalhar onde o efetivo nas cidades é menor”, explicou o coronel.
Cada ambulância tem que ter três bombeiros, o que não ocorre em muitas cidades. “A ideia é de que até o fim do ano cada município tenha, no mínimo, 15 bombeiros”, planeja o sub-comandante.

Entenda a história
O Corpo de Bombeiros de Santa Catarina foi oficialmente instalado em 26 de setembro de 1926, em Florianópolis. Hoje, está presente em 99 cidades do estado. Há oito anos, com a nova constituição, foi desmembrado administrativamente e operacionalmente da Polícia Militar (PM), pois no início os bombeiros eram uma especialidade da corporação. Atualmente, quatro estados ainda são subordinados à PM, como o Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Bahia.

Bombeiros recebem certificados dos cursos de resgate em águas rápidas

Cinquenta e nove bombeiros militares receberam ontem à tarde os diplomas de participação nos cursos de resgate em águas rápidas, realizados em 2010 e neste ano, em Tubarão, cidade que se tornou referência neste tipo de atividade. Ontem de manhã, um treinamento foi realizado por todos os formandos, em Pedras Grandes.

O objetivo foi capacitá-los para técnicas de resgate em correntezas, indispensáveis no atendimento a desastres naturais, como enchentes, e nos salvamentos em rios, com a utilização de embarcações e equipamentos apropriados. Com certificação internacional, são cursos padrão, fornecidos nos Estados Unidos e trata-se de uma parceria com a empresa Água Selvagem, representante brasileira da Rescue 3 International, entidade fundada na Califórnia há 30 anos, especializada em treinamentos de resgates aquáticos.


"Este reforço expressivo de bombeiros militares não ocorria há muitos anos. E o trabalho de gestão integrada, uma parceria entre governo e prefeituras, também traz resultados positivos."

Sub-comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, coronel Marcos de Oliveira.