Policiais rodoviários federais realizaram uma fiscalização de combate ao crime em Paulo Lopes, na BR-101, ontem (14) no fim da tarde.  Na ação, uma Zafira, com placas do Balneário Rincão, foi abordada.

No veículo estava um casal. Durante a revista, os policiais encontraram 357 garrafas de bebidas destiladas oriundas do Uruguai, sem o devido desembaraço aduaneiro (relacionado à alfândega).

As mercadorias totalizaram aproximadamente R$ 20 mil. O automóvel e as bebidas foram recolhidos e levados para a Receita Federal em São José, na Grande Florianópolis.

Conforme a PRF, o casal foi identificado e liberado, pois dependendo do valor apurado das mercadorias pela Receita Federal, pode responder criminalmente. O crime de descaminho só é investigado quando o valor é bastante alto.

No caso de ontem, provavelmente, o casal não vai ser indiciado (responder criminalmente). Eles vão perder a mercadoria e talvez o veículo.

Diferença entre descaminho e contrabando
Descaminho é ingressar com mercadoria permitida, mas sem pagar os tributos. O contrabando é entrar com mercadoria proibida. No caso de contrabando, a pessoa é presa e levada para a Polícia Federal.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul