Antes de falar sobre como os óleos essenciais podem ajudar a amenizar sintomas de depressão, vale lembrar que este é um assunto sério. Naturólogos, aromaterapeutas e terapeutas holísticos não podem diagnosticar doenças. Muito menos, após diagnóstico, tratar o paciente sozinho. Pelo contrário! Atualmente, há pesquisas científicas que comprovam que uma equipe multidisciplinar (por exemplo, com um psiquiatra, um psicólogo, um naturólogo, um nutricionista e um massagista) é mais eficaz não só para a cura da doença, mas para evitar que novos episódios depressivos aconteçam. Pois uma vez que você tem depressão, a chance de você ter novamente aumenta em relação a quem nunca teve.

Esse texto é para quem está em um tratamento de depressão. Não para quem está passando por um momento difícil ou um momento em que se sente triste, pois isso é natural e costuma acontecer com frequência. Escrevo àqueles que já estão apresentando alguns sintomas, como baixa libido, perda ou aumento de apetite, estão dormindo muito ou apresentam muita dificuldade em dormir e não conseguem mais sentir alegria ou prazer há um tempo. Desânimo é frequente nesses casos.

Independente do seu quadro de depressão, pesquisam mostram que há 4 pilares que ajudam muito no tratamento da doença:

– O primeiro deles é EXERCÍCIO FÍSICO. Não é simples, eu sei. Mas faz uma diferença absurda! Especialistas indicam, para pacientes com depressão, exercício físico TODOS OS DIAS.

– O segundo pilar é ALIMENTAÇÃO. Se puder se consultar com um nutricionista, melhor. Se não for possível, saiba que alimentação boa é aquela feita com ALIMENTOS DE VERDADE: carnes, frutas, legumes, verduras e cereais. O mínimo de industrializados possível. Sabe aquela história de descascar mais e desembalar menos? Está valendo aqui!

– O terceiro pilar é o SONO. Muitas vezes, remédios alopáticos podem ajudar na sua qualidade do sono. Mesmo assim, higiene do sono é fundamental. Ter horários para dormir e acordar. Vestir roupas confortáveis e adequadas à estação. Investir em uma boa cama e ótimos lençóis. Não comer nada pesado até 3 horas antes de dormir. Após às 20h, desligar luzes de casa e ficar só com a incidência de abajures. Não mexer no celular até 1 hora antes de dormir.

– E o quarto pilar é ESPIRITUALIDADE. E isso não tem nada a ver com religião. Você pode ser uma pessoa sem religião e altamente espiritualizada. É você acreditar em algo, acreditar na cura e que as coisas vão melhorar.

Se você já está com uma equipe multidisciplinar e já está cuidando dos pilares acima citados, então os óleos essenciais podem ajudar bastante em seu caso. 

Escrevo isso, pois a aromaterapia não é milagre. Alguns óleos essenciais possuem uma composição química que atestam seus efeitos antidepressivos. Mas só eles não são suficientes.

Os óleos mais indicados, são: laranja doce, laranja amarga, limão siciliano e lavanda (este último para o início dos sintomas de depressão).

Como usar? 

Compre um aromatizador de ambientes e pingue algumas gotas de óleo essencial. Só a inalação já vai ajudar. Use com consciência. Óleo essencial não é para ingerir – em hipótese alguma – e, se você ainda não é acostumado a usar, a inalação é o meio mais seguro e eficaz.

Cuide-se e peça ajuda. Esse é um momento que você não precisa viver sozinho.