domingo, 29 de março de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Português na Ponta da Língua - Andréa Debiasi

Preposição

Publicado em 11/10/2019 00h12

Olá, leitor Notisul! Tudo bem?

Preposição é um conjunto de palavras invariáveis, as quais estabelecem relação subordinativa entre dois ou mais elementos da frase, isto é, entre os termos ligados por ela não há sentido individualizado, e sim, dependente da união de todos os demais que a preposição vincula.
Vejamos alguns exemplos:

a) Os filhos de Amanda aprovaram o seu modo de se vestir.
Os filhos de Amanda / o seu modo de se vestir: elementos ligados por preposição ‘de’.

b) Ele falou com emoção daquele prêmio.

Ele falou com emoção: elementos ligados por preposição ‘com’.

Essa relação é denominada de conexão, cujo emprego é de ligar elementos conectivos, isto é, a preposição, que tem a função de vincular palavras entre si, em um processo de subordinação denominado regência.

O processo de regência ocorre mediante a relação estabelecida pelas preposições, o primeiro elemento, denominado antecedente, é o termo que rege, que impõe um regime; o segundo elemento, chamado consequente, é o termo regido, aquele que cumpre o regime estabelecido pelo antecedente.

Exemplos:
a) A hora do intervalo foi alterada.

‘A hora do intervalo’: elementos ligados por preposição
de + os = dos: preposição
hora: termo antecedente = rege a construção ‘do intervalo’
intervalo: termo consequente = é regido pela construção ‘hora do’

b) A gerência passou por um processo de reestruturação.
passou por um processo de reestruturação: elementos ligados por preposição
por: preposição
passou: termo antecedente = rege a construção ‘por um’
processo de reestruturação: termo consequente = é regido pela construção ‘passou por um’

As preposições não são alteradas mediante flexão de gênero, número ou variação em grau como os nomes, nem de pessoa, número, tempo, modo, aspecto e voz como os verbos, por isso, são palavras invariáveis. Contudo, elas se combinam a outras da língua, em um fenômeno identificado por contração, em diferentes situações, e, com isso, instituem uma relação de concordância em gênero e número com essas palavras às quais se ligam. Mesmo assim, não se trata de uma variação própria da preposição, e sim, da palavra com a qual ela se funde.

Por exemplo:
de + o = do
por + a = pela
em + um = num

As preposições podem introduzir:
a) Complementos Verbais

Por exemplo:
1) Eu obedeço ‘aos mandamentos de Deus’.
b) Complementos Nominais

Por exemplo:
1) Continuo obediente ‘a Deus’.
c) Locuções Adjetivas

Por exemplo:
1) É um ser humano ‘bondoso’.
d) Locuções Adverbiais

Por exemplo:
1) Tive de fazer ‘com cuidado’.
e) Orações Reduzidas

Por exemplo:
1) ‘Ao sair’, discorreu brevemente sobre a palestra.

Até a próxima semana e fique com Deus!
Dúvidas? Entre em contato! WhatsApp:
(48) 99625-6303


VOLTAR
Banner ServerDo.in
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2020.