segunda, 23 de setembro de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Português na Ponta da Língua - Andréa Debiasi

Linguagens formal e informal

Publicado em 28/06/2019 00h10

Olá, leitor Notisul! Tudo bem?

Os elementos necessários da linguagem são:
• Comunicação: ocorre quando há interação com outras pessoas por meio da linguagem;
• Linguagem: é um processo comunicativo pelo qual as pessoas/interlocutores interagem entre si;
• Interlocutores: são as pessoas que participam do processo de interação por meio da língua;
• Língua: é um código formado por signos (palavras) e leis combinatórias por intermédio do qual as pessoas se comunicam e interagem entre si.
Há dois tipos de linguagem: formal e informal.

a) Linguagem Informal
A linguagem coloquial, informal ou popular é utilizada no cotidiano, em que não exige a observância total da gramática, de modo que haja mais fluidez na comunicação feita, principalmente, no diálogo. Nela, usam-se muitas gírias e construções gramaticais mais livres.
Normalmente ela não é planejada, é fragmentária, incompleta, pouco elaborada e há predominância de frases curtas, simples.

Observa-se neste tipo de linguagem o dialeto, que se constitui como as variações de pronúncia, vocabulário e gramática pertencentes a uma determinada língua. Os dialetos não ocorrem somente em regiões diferentes, pois em determinada região existem também variações dialetais etárias, sociais, dentre outras. E o sotaque, que é a diferença de pronúncia do falante.

b)Linguagem Formal
Norma culta ou linguagem culta ou formal é uma expressão empregada pelos linguistas brasileiros para designar o conjunto das normas gramaticais. Ela é planejada, não fragmentária, completa, elaborada e há predominância de frases complexas.

Em ambas, podem ocorrer as variações ou variedades linguísticas e o estrangeirismo.

a) Variações ou Variedades Linguísticas
São as variações que uma língua apresenta, de acordo com as condições sociais, culturais, regionais e históricas em que é utilizada. Todas são adequadas, desde que cumpram com eficiência o papel fundamental de uma língua – o de permitir a interação verbal entre as pessoas, isto é, a comunicação.
Estão relacionadas aos seguintes fatores:
• Geográfico;
• Sociocultural;
• Gênero;
• Faixa etária;
• Estilo;
• Mecanismos de comunicação.

b) Estrangeirismo
É o processo que introduz palavras vindas de outros idiomas na Língua Portuguesa. Torna-se vício de linguagem pelo uso excessivo, desnecessário e é considerado inadequado por gramáticos.

Exemplos de Estrangeirismo:
‐ Approach (abordagem, enfoque)
‐ Brother (irmão)
‐ Cappuccino (tipo de café)
‐ Croissant (tipo de pão/massa)
‐ Delete (apagar)
‐ Delivery (sistema de entrega em domicílio)
‐ Designer (profissional que está diretamente ligado a atividades relacionadas ao design)
‐ Drive-thru (serviço de vendas de produtos, normalmente alimentícios, que ocorre em estacionamento, com o carro circulando)
‐ Enter (tecla no teclado do computador que tem a função de acionar, confirmar, abrir - dependendo da necessidade)
‐ Fashion (relacionado à moda, aquilo que é elegante, atual)
‐ Hot dog (tradução literal - cachorro-quente - um tipo de lanche à base de salsicha, pão e molho de tomate)
‐ Ok (está bem)
‐ Pink (rosa)
‐ Shampoo (xampu)
‐ Short (bermuda)
‐ Sister (irmã)
‐ Spaghetti (tipo de massa de macarrão)
‐ Stop (parar)
‐ Teen (jovem)
‐ t-shirt (camiseta)
‐ Yes (sim)

Dúvidas? Entre em contato! WhatsApp: (48) 99625-6303


VOLTAR
Banner ServerDo.in
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2019.