Após a presidente da Câmara de vereadores de Jaguaruna, Joelma de Miranda Cruz (PSD), contratar o marido para um cargo de direção e comprar móveis de um parente para a Casa legislativa, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) aplicou multas contra a vereadora e o esposo. Ela terá que devolver ou pagar os móveis com o próprio salário.

As compras autorizadas pela edil teria sido de móveis para a Câmara vindos de uma empresa de parentes, e sem a licitação devida. O MPSC está de recesso até a próxima quarta-feira, quando divulgará outros detalhes sobre a ação movia contra o casal.

O marido, Adriano Souza dos Santos, já foi exonerado pela parlamentar, que sofreu duras críticas pelo ato de nepotismo, e defendeu dizendo que o trabalho dele seria somente temporário e que o esposo tinha total condições técnicas para o cargo.