O vencimento da primeira oportunidade que o contribuinte tem para o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), exercício 2020, com 20% de desconto, que seria no último dia 10, foi adiado para o próximo dia 28.

A alteração é necessária em virtude de atraso, por parte dos Correios, na entrega dos carnês aos contribuintes. Assim, aquele contribuinte que optar por esta forma de pagamento, terá, da mesma maneira, os 20% de desconto sobre o valor lançado. As demais datas para a quitação em cota única permanecem as mesmas: 10 de março (15% de desconto) e 9 de abril (10% de desconto). Existe ainda a opção do pagamento parcelado, que pode ser em até 10 vezes, com o vencimento da primeira parcela para o dia 10 de março, com o valor mínimo por parcela de R$ 80.

Alvará e ISS – A Taxa de Licença para Localização e Funcionamento e de Fiscalização e Funcionamento – Alvará 2020 poderá ser paga em cota única, com vencimento no dia 31 de março, e desconto de 20% nesta modalidade. O tributo pode ser pago ainda de forma parcelada, em até três vezes (vencimentos nos dias 31 de março, 30 de abril e 29 de maio), com parcela mínima de R$ 80. Ressalta-se que os Correios enviarão, até o próximo dia 5, os carnês do alvará, mas apenas para empresas que não possuem contador cadastrado junto à secretaria da Fazenda. Os demais devem retirar o boleto pela internet ou de forma presencial, na Central do Cidadão, localizada na avenida Marcolino Martins Cabral, 336, no Centro, de segunda a sexta-feira, das 13 às 19h, com entrega de senhas até as 18h.

O pagamento do Imposto Sobre Serviços (ISS) Fixo também será enviado às empresas pelos Correios, e, da mesma forma que o alvará, somente a empresas cujo contador não encontra-se cadastrado. Para retirar o boleto pela internet, clique aqui, ou dirija-se à Central do Cidadão para retirá-lo de forma presencial. Os prazos e maneiras de pagamento são os mesmos do alvará.

Taxa do Lixo – É cobrada nas contas de água e de esgoto, da mesma forma que ocorre há dois anos, com a possibilidade de parcelamento (inserido nas faturas desde janeiro) ou ainda em cota única, com vencimento dia 8 de maio.