Foto: Câmara de Vereadores de Jaguaruna

Economia foi o mantar da Câmara de Vereadores de Jaguaruna em 2021. Os vereadores pouparam tanto que devolveram exatos R$ 1.180.566,00 aos cofres da prefeitura.

O valor correspondente a 36,43% do montante de recursos recebidos pelo Legislativo no ano passado, o chamado duodécimo.

Os processos de devoluções ocorreram ao longo do ano passado e foram divididos em três parcelas. A primeira, de R$ 250 mil, foi depositada em maio.

A verba foi destinada para a elaboração do projeto de pavimentação asfáltica da Rodovia Municipal Pedro Rosa Lemos, que liga o bairro Jabuticabeira a comunidade de Congonhas, na divisa com Tubarão.

O restante foi empregado também em infraestrutura, com o asfaltamento de parte da Rua Ernesto Lacombe e da Rua Manoel Cruz, além da pavimentação com lajotas da Rua João Luiz Albino, no bairro Costa da Lagoa.

Já em setembro, o legislativo fez o segundo repasse, no valor total de R$ 500 mil. Deste valor, R$ 80 mil foram destinados a Apae, Polícia Civil, Polícia Militar e Bombeiros Voluntários.

Outros R$ 90 mil foram empregados em obras de pavimentação nas ruas Horácio Fermínio Luiz, no bairro Cristo Rei, e Rua Antônio Timóteo, no Riachinho. O restante (R$ 330 mil), foi destinado para a compra de uma escavadeira hidráulica para a prefeitura.

Por fim, em dezembro, o último repasse do duodécimo foi feito, no valor total de R$ 430.566,96. Do valor cheio, R$ 150 mil foram encaminhados para auxiliar a Associação de Moradores Gruta da Esperança de Morro Bonito, Associação de Moradores da Praia do Arroio Corrente de Jaguaruna, Associação de Moradores do Balneário Campo Bom, Associação Musical Amor a Pátria, Centro Comunitário do Bairro Laranjal e Grupo Cultural Cru de Teatro e Boi de Mamão.

Outros R$ 100 mil serão destinados para a construção de passarelas de acesso a orla marítima no Balneário Arroio Corrente e o que sobra, no total de R$ 180.566,00, ficará em caixa para que a prefeitura tenha recursos para obras urgentes de infraestrutura.

Mesmo com tanta economia, o presidente do legislativo de Jaguaruna, vereador Milson Goulart Ricardo, conseguiu realizar obras estruturantes no prédio da Casa, com a instalação do sistema de geração de energia fotovoltaico e da central de videomonitoramento.

Desta forma, para este ano legislativo, é previsto que a Câmara economize mais ainda, pois gastará menos energia elétrica e não precisará gastar com vigilância.

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul