O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, durante transmissão da tradicional live desta quinta-feira (6), que autorizou que cidadãos da Polônia e da América do Sul embarquem nos dois aviões enviados para buscar brasileiros em Wuhan, na China, local onde surgiu o coronavírus.

 

De acordo com Bolsonaro, a estimativa é de que sobrem cerca de dez vagas. “Talvez como está, se tiver apenas em torno de 40 brasileiros pra trazer pra cá, eu já autorizei, como sobraria em torno de 10 vagas, trazer nacionais de outros países. Se for da América do Sul, pousa aqui. Parece que entrou um pedido da Polônia agora, e obviamente, como vai pousar em Varsóvia, eles foram gentis para conosco, eu já falei que se tiver, e tem polonês lá. Se quiserem retornar, vêm e desembarcam ali em Varsóvia, e tudo bem.”

 As duas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) que trarão, de volta ao Brasil brasileiros e parentes que se encontram na cidade epicentro do surto de coronavírus já estão a caminho de Wuhan, na China. As aeronaves VC-2 deixaram o país na tarde de quarta-feira (5). A expectativa é de que retornem ao Brasil no sábado (8).