A Câmara de Representantes dos Estados Unidos, controlada pelos democratas, aprovou nesta quarta-feira o impeachment do presidente Donald Trump por abuso de poder, em uma jornada histórica que cristaliza a divisão do país.

 

A acusação de abuso de poder foi aprovada por maioria simples, enquanto segue a votação sobre a acusação de obstrução ao trabalho do Congresso. 

No Senado, que analisará o impeachment em janeiro após o recesso pelo Natal, espera-se que Trump seja absolvido, pois são necessários pelo menos 67 votos para retirá-lo do cargo e os republicanos têm 53 dos 100 assentos.

O magnata republicano é acusado de tentar pressionar a Ucrânia a investigar um de seus principais rivais nas eleições presidenciais de 2020, o ex-vice-presidente Joe Biden.