terça, 20 de agosto de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Política

'Boa viagem. Seu ódio não é bem-vindo', diz prefeito de Nova Iorque a Bolsonaro

Presidente brasileiro desistiu de ir à cidade norte-americana neste mês, onde receberia uma homenagem como 'homem do ano'

Publicado em 04/05/2019 18h50

'Boa viagem. Seu ódio não é bem-vindo', diz prefeito de Nova Iorque a Bolsonaro

Após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) desistir de ir a Nova York, nos Estados Unidos, onde seria homenageado, o prefeito da cidade norte-americana, Bill de Blasio, mandou um recado a ele nas redes sociais. “Nós apontamos sua intolerância. Ele fugiu. Não estou surpreso, valentões normalmente não aguentam um soco”, disse em conta oficial no Twitter.


Blasio disse que Bolsonaro aprendeu do jeito mais difícil que nova-iorquinos não são condescendentes com a opressão. “Boa viagem. Seu ódio não é bem-vindo aqui”, finalizou.


Em uma outra postagem, o prefeito de Nova York afirmou que a investida de Bolsonaro contra os direitos da comunidade LGBTQ e os planos destrutivos para o planeta aparecem no comportamento de diversos outros líderes, inclusive nos Estados Unidos. No entanto, ele não citou nomes.


“Todos devem se levantar, falar alto e brigar contra esse ódio imprudente”, finalizou.


Entenda o caso


Bolsonaro desistiu de ir a Nova York para receber o prêmio de Pessoa do Ano da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, após diversas empresas desistirem de patrocinar o evento. O Museu de História Natural de Nova York foi o primeiro a demonstrar insatisfação com a presença do líder brasileiro. Inicialmente, o jantar seria realizado nas dependências da instituição.


A direção do museu usou o Twitter para informar que o evento seria cancelado, pois a postura de Bolsonaro ia de encontro ao que a instituição defende. Um famoso restaurante da cidade também recusou a proposta para sediar a premiação. Em seguida, empresas como a companhia aérea Delta também anunciaram que retirariam o patrocínio do evento.


Nessa sexta-feira (3), o Palácio do Planalto emitiu uma nota para informar que, “em face da resistência e dos ataques deliberados do prefeito de Nova York e da pressão de grupos de interesses sobre as instituições que organizam, ficou caracterizada a ideologização da atividade”.


Confira a nota na íntegra:


O Presidente da República agradece a homenagem proposta pela Câmara de Comércio Brasil-EUA, ao escolhê-lo “Personalidade do Ano de 2019”.


Entretanto, em face da resistência e dos ataques deliberados do Prefeito de Nova York e da pressão de grupos de interesses sobre as instituições que organizam, patrocinam e acolhem em suas instalações o evento anualmente, ficou caracterizada a ideologização da atividade.


Em função disso, e consultados vários setores do governo, o Presidente Bolsonaro decidiu pelo cancelamento da ida a essa cerimônia e da agenda prevista para Miami.


Fonte: Com informações do Metrópoles
VOLTAR
Banner ServerDo.in
Banner ServerDo.in
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2019.