O setor supermercadista prevê a abertura de 2.200 postos de trabalho diretos durante a temporada de verão 2019/2020. Este número está na pesquisa realizada pela Associação Catarinense de Supermercados (Acats) junto a 30 redes associadas. Algumas lojas, em especial as que atuam no litoral catarinense, chegarão a dobrar o efetivo para atendimento da demanda. O presidente da entidade, Paulo Cesar Lopes, acredita que seja mais um indicador de recuperação do setor, já que os profissionais de recursos humanos que participaram do levantamento apontaram que em muitos casos haverá avaliação para contratação efetiva de temporários, conforme a demanda e as novas necessidades das empresas a partir do período do Carnaval em diante. Sondagem feita pela entidade com empresários de todo o Estado, válida pelo Termômetro de Vendas, indicou que 66% dos empresários tiveram vendas para as festas de final de ano melhores que no mesmo período de 2018, Eles informaram que compraram quantidades 11% maiores de produtos para a época. Na consulta, 34% dos comerciantes pesquisados responderam ficar na mesma base de 2018. E ninguém sinalizou encomendas inferiores. Lopes menciona que a alta das proteínas animais, originada pelo crescimento das exportações à China, não deverá afetar mais as vendas. “A tendência é que os preços se estabilizem”, afirmou.

Conversas diárias

O senador Jorginho Mello (PL/SC) trabalha intensamente para, no mínimo, dobrar o número de prefeitos, vices e vereadores nas próximas eleições municipais. “Se formos otimistas os números podem ser ainda maiores”, frisou. Segundo ele, o partido conversa quase que diariamente com deputados, prefeitos e vereadores que têm interesse de trocar de legenda. “Temos avaliado cada filiação e até abril teremos novidades, todas relevantes nos cenários municipais e regionais”, anuncia. As duas mais recentes aquisições foram o deputado estadual Ivan Naatz e o secretário municipal do ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes, Alexandro Fernandes. Naatz não descarta disputar a prefeitura de Blumenau – cargo que já tentou em eleições anteriores em 2004, 2008 e 2016. A chegada de Naatz no PL reforça a aproximação do partido com o grupo bolsonarista dissidente do PSL, em linha crítica ao governo de Carlos Moisés (PSL).

“O gestor municipal precisa ser um malabarista financeiro para vencer tantas demandas que recebe com o pouco dinheiro que tem”, Presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, sobre um ano desafiador para o setor público municipal

Pesquisas Eleitorais As regras para as pesquisas de opinião pública para os cargos de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores para as eleições 2020 estão em vigor desde o dia 1º de janeiro. A Resolução n. 23.600 dispõe que as entidades e as empresas que realizarem os levantamentos serão obrigadas a registrá-los no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle) com antecedência mínima de cinco dias de sua divulgação.

Na estrada A governadora em exercício, Daniela Reinehr, iniciou na quarta-feira (80) roteiro de três dias pelas estradas do Oeste catarinense. O objetivo é atualizar as informações sobre as rodovias federais e estaduais para buscar recursos para revitalizações. Ela percorreu toda a extensão da SC-157, entre Chapecó e São Lourenço do Oeste, e a SC-305, entre São Lourenço do Oeste e Campo Erê. O roteiro segue até sábado e na próxima semana vai a Brasília para tratar com autoridades federais dos aportes para infraestrutura.

Novos juízes O Tribunal de Justiça (TJ-SC) promove no próximo dia 15 de janeiro a posse de 33 novos juízes substitutos aprovados em concurso público em dezembro passado. O certame, sob a coordenação do desembargador Moacyr de Moraes Lima Filho, 1º vice-presidente do TJ, foi realizado em tempo recorde. A solenidade será realizada na Sala de Sessões Ministro Teori Zavascki, na sede do TJ.

2020 A Anoreg/SC, entidade que representa mais de 600 cartórios no Estado, orienta sobre o preenchimento de datas com o ano 2020. A presidente Rosina Deeke explica que há risco de adulteração e fraudes usando apenas o 20 para indicar o ano, pois a validade de documentos pode ser estendida alterando-se a data com o acréscimo de mais uma dezena. “Nesses casos, a adulteração pode trazer efeitos jurídicos de grande impacto e demandar ação judicial”, alerta.

Embriaguez Mesmo tendo uma das menores malhas viárias do Brasil, Santa Catarina registrou 20% das multas por embriaguez emitidas em rodovias federais. O percentual representa 10.913 autos de infração no Estado dos 53.308 autos totais do país.