Mais um ano está chegando ao fim. É momento de desacelerarmos um pouco para fazermos um balanço de nossas vidas, relembrar o que de bom fizemos e colher experiências dos erros que cometemos.
Uma coisa que me chama a atenção é que na virada e no primeiro dia do ano novo, vamos estender nossas mãos para desejarmos um feliz Ano-Novo a todos aqueles que estarão à nossa volta. E não podia ser diferente, pois desejar felicidades para alguém é algo muito humano e cristão. Porém, vale lembrar que o ano novo será melhor de fato se nossas mãos contiuarem estendidas durante o ano todo, a fim de praticarmos gestos de solidariedade, especialmente para com os excluídos, e para protestar e exigir que a vida seja melhor.

Não vamos fazer como fazem os maus políticos, que nestas épocas também estendem as mãos para nos desejar feliz Ano-Novo, mas durante o ano suas mãos não serviram sequer para aprovar projetos que melhorassem a vida do povo, isso sem falar quando receberam dinheiro público de maneira suja, como propinas, etc.
Podemos, sim, cantar a bela canção “…este ano, quero paz no meu coração. Quem quiser ter um amigo, que me dê a mão…”, desde que tenhamos consciência que depende de nós, termos uma vida melhor, cuidando da natureza, sendo solidário, ano que vem especialmente, não votando em pessoas desonestas para serem representantes na política. Enfim, sendo um bom cristão e cidadão.

O Mestre de Nazaré, Jesus, sempre estendeu sua mão e, dessa forma, transformou e salvou vidas, e sempre encorajava todos a lutarem por dias melhores, pois, quando curava cegos e paralíticos, é para que eles enxergassem a beleza da vida e que pudessem caminhar e assim construir a sua história, e dizia sempre “…vá, tua fé te salvou…”.
Portanto, vamos aprender com o mestre dos mestres que nós devemos sair da plateia, entrar no palco e sermos autores de nossas próprias histórias, valorizando a cada dia do ano o espetáculo da vida e defendê-la com amor, pois ela é o maior presente que Deus nos deu e é de mãos estendidas que vamos fazer com que o ano seja melhor para todos.
E é usando as minhas mãos ao escrever este texto que quero desejar um feliz Ano-Novo a todos.